Ofá - Leito d’Água [Foto por Analu Abreu
 

POWER TRIO

Música poético-afro-baiana, rock progressivo, freejazz, um power trio não convencional: a banda Ofá, com trajetória iniciada em 2015, é formada por Luan Tavares (violão e voz), Paulo Roberto Pitta (saxofone e sintetizador) e João Paulo Rangel (bateria).


Com menção ao instrumento de Oxóssi, orixá caçador, “Ofá” simboliza fartura, prosperidade, equilíbrio e cuidado com o outro, com o alimento e a natureza. Tratando conteúdos como altruísmo, amor, autoconhecimento, resistência e ancestralidade, a atmosfera musical reúne, entre as suas principais referências, a música de matriz africana, que atua acionando o corpo e a memória de uma identidade ignorada pelas bases racistas que formaram a sociedade brasileira; a poesia, que traz à tona a oralidade e se aproxima da natureza poética do português brasileiro; o rock progressivo e o freejazz, que formatam paisagens sonoras em timbres, melodias, arranjos e texturas. Como resultado, que ainda expressa formas não tão ortodoxas e tradicionais de tocar os instrumentos e usa de recursos tecnológicos de alteração de sonoridade, a Ofá dá um salto no quesito autenticidade.

 

OUÇA

 
Tribal Drum
Ofá - Leito d'Água [capa].png

LEITO D'ÁGUA

Álbum | 2021

268x0w.jpg

ALÉM E MAIS

EP | 2015

INTEGRANTES

Ofá - Paulo Pitta - Leito d’Água [Foto p

PAULO ROBERTO PITTA

saxofone e sintetizador

Músico desde os nove anos, integrou o corpo da Banda Sinfônica do Colégio Adventista de Salvador. Posteriormente, fez parte da Rumpilezzinho, onde teve contato com o Método Universo Percussivo Baiano (UPB), elaborado e aplicado pelo maestro Letieres Leite. Em 2016, ingressou no curso de Composição e Regência com habilitação em Composição na Universidade Federal da Bahia (UFBA) e, desde então, tem dedicado suas pesquisas a temas como composicionalidade, cognição e processos de criação colaborativa. Desenvolve um estudo da fusão da música de matriz africana com a teoria pós-tonal e a música eletroacústica em performances sonoras junto ao saxofone preparado no projeto Maresia Lab. Além da Ofá, é compositor e diretor musical da Reforma Cia. de Dança, do Mandioca Studio e do projeto Afrolirismos.

LUAN TAVARES

violão e voz

Compositor, pesquisador, cantor, violonista e poeta. É bacharel Interdisciplinar em Artes e graduando em Música Popular, ambos pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Contando com já 10 anos de carreira como músico profissional, assume instrumentos variados, cria arranjos, pesquisa e faz arte em música. Além do trabalho com a Ofá, é idealizador, coordenador e violonista do projeto Afrolirismos.

Ofá - Luan Tavares - Leito d’Água [Foto
Ofá - João Paulo Rangel - Leito d’Água [

JOÃO PAULO RANGEL

bateria

Iniciou seu contato com música nos anos 2000, de forma autodidata, e começou a atuar com bandas de hardcore na cena independente de Salvador. Já dividiu palco com nomes como Letieres Leite, Mou Brasil, Jadsa Castro, Thiago Trad e Mc Marechal. Também teve experiências como integrante de banda base para trilhas de teatro. Além da Ofá, atua como baterista na banda de rap-jazz Zuhri.